Metas: Porque é importante ter as suas?

Você é aquele tipo de pessoa que tem ideias e sai logo executando sem qualquer planejamento? Sabia que a falta de metas pode ser altamente prejudicial para o seu negócio?

Quer saber porque? Se sim, continue lendo este artigo!  😉

Porque é tão importante ter metas?

Para algumas pessoas, planejar parece ser uma tremenda perda de tempo.

Entretanto, como na conhecida frase do Gato em Alice no país das maravilhas: “Quando você não sabe para onde vai, qualquer lugar serve.”

Em outras palavras, quando não definimos claramente os nossos objetivos, ficamos sujeitos a qualquer resultado.

Na prática, isso significa que se você quiser vender mais, mas não definir uma meta clara que tenha prazos e números definidos,  dificilmente você acertará quais são as ações necessárias para alcançar seu objetivo.

A consequência disso será ter que se contentar com qualquer rendimento, seja este, bom ou ruim, por perder tempo executando ações que não te levaram ao resultado almejado.

Já que vender mais pode significar vender uma única peça a mais ou até mesmo 100. E os esforços para alcançar ambos objetivos são completamente distintos.

Por isso, o ideal é sempre definir metas que você possa quantificar, como por exemplo, vender 50% a mais, em 30 dias. Porque desta forma você será capaz de enxergar de forma mais clara sua meta para assim, escolher corretamente as ações necessárias para atingi-lá.

Definir metas deve ser sempre o seu primeiro passo, porque ela te dará foco e direção.

Mas sei que muitas vezes ficamos perdidas, atropelamos as coisas e deixamos o planejamento pra lá.

DICA: Usar as ferramentas Todoist e MindMeister é uma ótima forma de organizar metas.

Eu mesma, durante muito tempo tive problemas com a definição de metas. Ou eu simplesmente não as definia e saia fazendo tudo sem planejar, ou estipulava diversas metas, mas não fazia nada para alcançá-las.

Levou algum tempo até eu entender a importância das metas, mas quando isso aconteceu, comecei a pesquisar formas de defini-las e foi ai que conheci a metodologia SMART e finalmente parei de deixar os meus projetos pela metade.

Por isso resolvi compartilhar com você esse método que tem me ajudado a definir as minhas metas de forma inteligente, para que você também comece a definir a suas e assim como eu, pare de desistir dos seus projetos no meio do caminho.

Como definir a sua meta

Antes de definir uma meta, é preciso ter certeza de que trata-se de um objetivo alcançável.

E por isso, utilizo e recomendo a aplicação da metodologia SMART, que utiliza cinco critérios para validar a qualidade de uma meta.

E quais são esses critérios? Bem, para ser validada sua meta precisa ser: Específica, mensurável, atingível, relevante e temporizável.

Agora vamos conversar sobre cada um desses critérios

1º – Específica

Para ser específica sua meta precisa ser quantificável, por isso, levante o maior número de informações possíveis acerca da sua meta, para eliminar falhas de interpretação.

Responder perguntas como:

  • O que eu quero com essa meta?
  • Como e onde ela será realizada?
  • Quais são os recursos necessários?
  • Quais são os possíveis obstáculos?
  • Quais são as minhas alternativas?

Irá te ajudar nesta tarefa!

2º – Mensurável

O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado, por isso, sua meta deve ser mensurável.

E as perguntas que você deve responder são:

  • Qual é o resultado esperado?
  • Quanto tempo será necessário para concretizá-la ?
  • Qual será seu custo financeiro?

3º – Atingível

De nada adianta construir uma meta impossível de ser atingida. Por isso analise se você tem realmente condições de seguir com seu projeto, sendo sincera com você mesma e verificando se você tem condições físicas, mentais, financeiras e de tempo, para seguir com seu plano.

4º – Relevante

Para ser relevante, uma meta precisa impactar o seu negócio ou a sua vida, de maneira que você consiga evidenciar quais foram os resultados obtidos com ela, como por exemplo: aumento do faturamento, de clientes, mudança de profissão.

Por isso, ao definir suas metas, faça sempre uma análise para saber se elas são mesmo relevantes para você ou para o seu negócio ou se trata-se de metas que não te levará a lugar nenhum.

5º – Temporizável

Dificilmente uma meta sem prazo será concretizada. Por isso, sempre defina um prazo para executá-las e fique atenta para não definir prazos curtos ou longos demais, pois isso impactará diretamente no seu resultado.

Concluindo

Seja pelo método SMART, ou por qualquer outro que deseje utilizar, não deixe de traçar suas metas, pois você será infinitamente mais feliz quando olhar para trás e ver que conseguiu concretizar seus sonhos.


Essa foi a dica de hoje, espero que você tenha gostado e que tenha sido útil para você. Se você utiliza algum outro método que te ajuda atingir suas metas, compartilhe comigo nos comentários!

Ou então, me fale o que achou do artigo e não esqueça de compartilhar com aquela amiga que vive reclamando que não consegue levar seus projetos adiante!

Abraços, sucesso e até o próximo artigo!

Joyce Louzada

Avalie este artigo!